Eleições

Pesquisa eleitoral

Para 55% dos brasileiros, governo Bolsonaro está pior do que o esperado

Pesquisa da Genial/Quaest aponta que entre os que votaram no presidente, 36% consideram governo pior que o esperado

eleição de 2022
O presidente Jair Bolsonaro (PL). Crédito: Alan Santos/Presidência da República

Pesquisa da Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (12/1) mostra que 55% dos entrevistados avaliam que o governo do presidente Jair Bolsonaro está pior do que o esperado. Para 28%, não está nem melhor e nem pior, enquanto que para 15% está melhor do que a expectativa.

O cenário ficou pior para o governo nesse recorte, na comparação com o levantamento de julho de 2021. Nessa última pesquisa em que a pergunta foi feita, o índice dos que opinavam que a gestão do presidente estava pior do que o esperado era de 48% –  portanto, subiu sete pontos percentuais. (veja no gráfico abaixo a comparação dos números das duas pesquisas).

Entre aqueles que votaram em Bolsonaro na eleição de 2018, os números desse recorte são, naturalmente, mais baixos, mas, ainda assim, acendem o alerta no governo porque também pioraram em relação ao levantamento de julho do ano passado.

Entre os que votaram para eleger o presidente, 36% dizem que a gestão está pior do que o esperado (na pesquisa de julho eram 28%), 34% avaliam que não está pior e nem melhor do que a expectativa e 29% apontam que está melhor do que o esperado.

A pesquisa mediu ainda a avaliação do governo Bolsonaro – 50% disseram ser negativa; 25% regular e 22% positivo. Os números desse recorte oscilaram dentro da margem de erro. No levantamento anterior, de dezembro do ano passado, esses percentuais eram de 50%, 26% e 21%, respectivamente.

Desaprovação de 80% no combate à inflação

No levantamento, foram apresentados alguns temas para que os entrevistados avaliassem o jeito de governar do presidente em relação a cada um deles. E, nesse aspecto, 80% afirmaram desaprovar a atuação de Bolsonaro no combate à inflação. É, de longe, a área do governo com pior avaliação. A geração de empregos e o combate à Covid-19 aparecem em segundo – a condução do presidente é desaprovada por 63% em cada tema. (veja ao final da reportagem os índices das diferentes áreas)

A pesquisa da Genial/Quaest foi realizada dos dias 6 a 9 de janeiro com mais de 2 mil pessoas a partir de 16 anos de idade. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-00075/2022.

pesquisa da Genial/Quaest
Pesquisa da Genial/Quaest
Pesquisa da Genial/Quaest
Pesquisa da Genial/Quaest