Eleições 2018

Eleições 2018

Pela primeira vez, fala de Bolsonaro repercute majoritariamente de forma negativa

Defesa de Bolsonaro sobre Carajás gera reação negativa nas redes, mas foto em área rural tem apoio entre seguidores

Bolsonaro
Jair Bolsonaro / Crédito: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

O deputado federal e pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSC) produziu grande engajamento nas redes sociais, desde a última sexta-feira (13/7), mas em uma das primeiras vezes nos últimos dois meses o deputado teve alto grau de interações a partir de uma série de reportagens de abordagem crítica.

Desde sábado (14/7), Bolsonaro tem atraído atenções negativas na imprensa tradicional e entre adversários por declarar endosso aos policiais responsáveis pela chacina no município de Eldorado dos Carajás, no Pará, em 1996.

O deputado agregou, apenas no sábado, 298,8 mil engajamentos nos links que repercutem a fala que fez em visita ao Pará. Foi, com sobras, o maior volume diário de interações em links sobre Bolsonaro ao longo da semana, cerca de 200% superior aos números obtidos entre 08 e 11 de julho.

Para além do tamanho da repercussão nas redes, a novidade está que ela foi dominada por interações negativas para o deputado, devido às características dos links que repercutiram a declaração sobre Carajás.Os dados foram captados pelo Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV (DAPP-FGV).

No domingo (15/7), no entanto, a página oficial do deputado federal compartilhou no Facebook uma imagem de alto impacto positivo junto a seus seguidores: em uma plantação de Sidrolândia (MS), vê-se escrita, a partir de enfoque aéreo, a expressão de apoio “Bolsonaro 2018”.

A postagem agregou 72,1 mil engajamentos, entre reações, compartilhamentos e comentários positivos; foi a publicação de Bolsonaro com maior volume de interações desde 28 de junho, quando o pré-candidato à Presidência destacou sua recepção ao chegar ao aeroporto de Fortaleza , no Ceará.

As redes sociais são a grande aposta do candidato para interagir com os eleitores. Afinal de contas, Bolsonaro tem menos tempo de TV e recursos do que os adversários.

Para o DAPP, o bom resultado da imagem que compartilhou no Facebook no domingo evidencia a proximidade que obteve com o eleitorado de produtores rurais por alinha-se com a agenda como apoio ao porte de armas para proprietários rurais, o incentivo econômico a setores agropecuários e o foco na defesa de produtores e donos de plantações e rebanhos.


Você leu 1 de 3 matérias a que tem direito no mês.

Login

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito