Trabalho

Justiça gratuita

TRT10 nega justiça gratuita para sindicato dos professores particulares

3ª Turma entendeu que entidade tem que comprovar “situação de insuficiência econômica”

Honorários - Carteira de Trabalho
Crédito: Pixabay

A 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho reformou decisão da primeira instância, e negou pedido de justiça gratuita feito pelo Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal em ação trabalhista movida pela Associação Educativa do Brasil (Soebras) contra a entidade sindical. Por unanimidade, o colegiado seguiu o voto do relator, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.