Trabalho

Direito do Trabalho

Intervalo para café não compõe jornada de trabalho rural

TST alterou entendimento do próprio tribunal

O intervalo para descanso e alimentação do trabalhador rural não deve ser computado na jornada de trabalho e, consequentemente, no cálculo das horas extras e outros encargos legais. A decisão é da Subseção 1 Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e reformou entendimento da própria Corte. Com tal entendimento, os ministros liberaram a […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.