Mercado

sistema financeiro

Crédito consignado: Senacon notifica bancos sobre possíveis irregularidades

Instituições financeiras e associações têm 10 dias para responder. Reclamações cresceram 120% em um ano

crédito consignado
Fachada do Ministério da Justiça e Segurança Pública | divulgação: MJSP

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) notificou 16 das maiores instituições financeiras do país e duas associações representativas do setor devido ao aumento de reclamações de consumidores em relação a possíveis irregularidades na oferta de crédito consignado.

Segundo a Senacon, as reclamações sobre o tema aumentaram 119,9% em 2020 em relação ao mesmo período (janeiro a novembro) de 2019 – passaram de 34.385 para 75.615.

Os principais problemas apontados pelos consumidores no último ano foram:

a) cobrança por serviço/produto não contratado/não reconhecido/não solicitado;

b) dificuldade para obter boleto de quitação ou informações acerca de cálculos, pagamentos, saldo devedor;

c) não entrega do contrato ou documentação relacionada ao serviço;

d) cobrança indevida/abusiva para alterar ou cancelar o contrato;

e) portabilidade não efetivada;

f) margem consignável: bloqueio/ contestação e

g) SAC: Dificuldade para cancelar o serviço.

Com a notificação da Senacon, os bancos têm prazo de 10 dez dias para responder aos questionamentos formulados. A partir disso, o órgão pode abrir processos administrativos e, no limite, multar as instituições envolvidas.

“O aumento de reclamações e a busca por crédito em um momento de pandemia mundial nos acende o sinal amarelo. Este tema é prioritário, está sendo monitorado, e não vamos permitir que os consumidores vulneráveis (idosos) sofram golpes ou sejam vítimas de fraudes e outras violações ao Código de Defesa do Consumidor”, disse a secretária nacional do consumidor, Juliana Domingues, ao JOTA.

A Senacon determinou, no final de 2020, a suspensão das operações de crédito consignado do banco C6 Bank devido ao aumento de reclamações nos Procons. Na ocasião, a medida envolvia tanto as transações realizadas por meio eletrônico, como as feitas por meio de correspondentes bancários.

A instituição financeira recorreu judicialmente e o caso segue em segredo de justiça.

Confira a lista de instituições financeiras notificadas pela Senacon em relação a denúncias de irregularidades envolvendo oferta de crédito consignado:

Itaú
Banco Pan
BMG
Bradesco
Cetelem
Banco Safra
Santander
Caixa Econômica Federal
Banco Daycoval
Banco do Brasil
Banco Mercantil
BV Financeira
Crefisa
Olé Bonsucesso
Sabemi
Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN)
Associação Brasileira de Bancos (ABBC)
Banco C6 Consignado


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito