Do Supremo

STF

Luiz Fux, presidente do STF, é diagnosticado com Covid-19

Ministro procurou hospital após ter febre. Fux passa bem e ficará isolado por dez dias

Luiz Fux presidência
O ministro Luiz Fux, presidente do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), testou positivo para Covid-19. O ministro buscou serviço médico no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14/9), ao apresentar febre.

Fux tomou posse como presidente do Supremo na última quinta-feira (10/9), em uma cerimônia que contou com a presença de outros seis ministros, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, e o presidente da República, Jair Bolsonaro, além de seus familiares, ministros de estado e de tribunais superiores.

A suspeita, de acordo com a assessoria de Fux, é de que possa ter contraído a doença em almoço de confraternização familiar no último sábado (12/9). O ministro seguirá os protocolos de saúde e ficará em isolamento pelos próximos dez dias, informou sua assessoria.

O presidente Luiz Fux passa bem e pretende conduzir a sessão plenária nesta quarta-feira (16/9) à distância. Já a sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que estava prevista para esta terça-feira (15/9), e que seria a primeira presidida por Fux, foi cancelada.

Na manhã desta segunda-feira (14/9), o ministro cancelou uma entrevista coletiva que estava sendo negociada para esta terça-feira, bem como uma live que faria na XP Investimentos.

Caso o ministro tenha que se ausentar, será a ministra Rosa Weber, vice-presidente, quem assumirá suas funções de presidir sessões plenárias e tomar decisões urgentes em processos da competência da presidência.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito