Justiça

Ofensiva

Desembargadora não apresenta explicações e CNJ abre reclamação disciplinar

Marília de Castro Vieira, do TJRJ, fez ataques ao conselho não entregou esclarecimentos no prazo dado por corregedor

Ministro Humberto Martins Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

A Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça transformou um pedido de providências contra a desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, do Tribunal de Justiça do Rio de janeiro (TJRJ), em reclamação disciplinar diante da resistência da magistrada em apresentar explicações ao órgão sobre manifestações divulgadas em redes sociais, como as que atacam o conselho. Em […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.