Dados

TRACKING

Flexibilização avança nos estados e municípios

Estados do Nordeste começam retomada gradual da economia e medidas restritivas ficam focadas em regiões mais críticas

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Esta semana, os municípios do Rio de Janeiro e de São Paulo se juntaram a outras capitais, como Brasília e Porto Alegre, e autorizaram a reabertura dos shoppings centers, com ressalvas, a partir da segunda-feira (15/6).

Apesar da reabertura dos estabelecimentos na capital paulista, o estado de São Paulo estendeu mais uma vez a quarentena e elevou o alerta em praticamente todo o interior paulista. O governo decidiu ampliar restrições a atividades econômicas não essenciais em cinco regiões. Araraquara e Bauru voltaram da fase 3 (amarela) para a 2 (laranja), enquanto as áreas de Ribeirão Preto, Barretos e Presidente Prudente voltaram à etapa 1 (vermelha) de máxima restrição.

No Nordeste, Ceará e Maranhão começaram a flexibilizar algumas medidas. O Ceará entrou na primeira fase do Plano Responsável de Abertura das Atividades Econômicas e Comportamentais, que libera as empresas a atuarem com 40% de seus profissionais de forma presencial. Mas o governo  manteve o isolamento social rígido na região norte do estado. Algumas cidades e regiões cearenses continuam na fase de transição do plano que tem quatro etapas.

Já no Maranhão, portaria definiu as regras sanitárias para o funcionamento do setor lojista de rua e shoppings a partir de segunda-feira (15/06). O governo, no entanto, manteve a proibição para o funcionamento de academias de ginástica, bares e restaurantes (exceto delivery), praças de alimentação, cinemas, áreas infantis e realização de grandes eventos que possam causar aglomeração.

E na Paraíba há expectativa para o detalhamento da matriz de orientação para retomada gradual da economia em todos os municípios ainda no fim de semana.

Medidas restritivas

O governo de Goiás editou, esta semana, decreto que proíbe a realização dos acampamentos, eventos como shows musicais, festas, caminhadas ecológicas, passeios ciclísticos, corridas, realização de espetáculos a partir de 1º de julho no Araguaia, tradicional destino turístico das férias de julho no Estado.

A Bahia é outro estado que continua adotando medidas restritivas para contenção do vírus. O estado possui hoje 315 municípios com transporte suspenso até 21 de junho. A data também pode marcar o fim do isolamento social rígido em Alagoas, que estuda retomada econômica a partir do dia 22 deste mês.