Nação Inovadora

Curso gratuito

Inscrições abertas para curso sobre inovação e regulação de fintechs

Aulas online são etapa para estudantes se inscreverem no LIFT Learning, desafio do BC para melhorar sistema financeiro

Banco Central do Brasil em Brasília / Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
brava

Com apoio do JOTA, o Instituto Brasileiro de Finanças Digitais (IFD) e o Instituto Propague abriram inscrições para o curso online “Fintechs: regulações e inovações em serviços financeiros”. As aulas serão conduzidas por especialistas, como advogados e servidores do Banco Central.

Gratuito e com vagas limitadas, o curso será realizado no mês de setembro e disponibilizado via plataforma online, com as aulas gravadas, material de apoio e atividades complementares. Podem se cadastrar estudantes universitários ou de pós-graduação. As inscrições no curso podem ser feitas até o dia 31 de agosto por meio deste link.

Os estudantes que também se interessarem em se inscrever para os projetos do LIFT Learning devem submeter no mesmo formulário um artigo com até mil palavras sobre tema financeiro (Pix, open banking, sandbox, etc) em conjunto com a inscrição.

O curso serve como preparação e requisito para participação no LIFT Learning Regulatório 2021, programa do Banco Central que conecta bancos, instituições de pagamento e fintechs a instituições de ensino superior para o desenvolvimento de soluções inovadoras que melhorem o Sistema Financeiro Nacional.

Neste ano, o LIFT Learning acontecerá entre setembro e dezembro, inteiramente online. No programa, os estudantes e pesquisadores selecionados desenvolvem projetos regulatórios para solucionar problemas reais das fintechs, com apoio de mentores, sócios dos escritórios participantes do programa.

Para ser selecionado para esta edição do LIFT Learning, além de ter acompanhado o curso do IFD e Propague em agosto, é necessário submeter um artigo de até mil palavras sobre o tema de uma das aulas.

Além de garantir vaga no programa do Banco Central, os melhores textos enviados serão publicados no JOTA.