Carreira

Carreira

Abertas as inscrições para o concurso da defensoria pública do estado de SP

Além da DPE-SP, semana trouxe novidades. No Pará, cargo de procurador de contas tem salário inicial de R$ 35 mil

defensoria pública
Crédito: Caio Silveira / SPTuris/ Divulgação

A semana trouxe novidades para concurseiros país afora. Em São Paulo, a Defensoria Pública do Estado publicou o edital do concurso público para selecionar 40 candidatos às vagas do cargo de defensor público.

No Pará, o Ministério Público de Contas estadual também tornou pública a realização de concurso para preencher 10 vagas – além da formação de cadastro de reserva – aos cargos de procurador de contas, analista e assistente ministerial.

Além dos editais publicados, houve novidades no andamento em concursos aguardados em todo o território nacional.

Em Sergipe, a Defensoria Pública do estado definiu a comissão responsável por próximo concurso par ao cargo de defensor público.  No Espírito Santo, também foi instituída a comissão organizadora do certame para o cargo de delegado de polícia.

Edital publicado

Defensor público – Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPE-SP)

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado tornou público o VIII Concurso público de provas e títulos para ingresso na carreira de defensora ou defensor público do estado de São Paulo.

O concurso destina-se ao provimento de 40 vagas ora existentes e daquelas que se abrirem no decorrer do concurso ou que forem criadas dentro de seu prazo de validade, além da formação de cadastro de reserva.

São requisitos para inscrição no concurso: ser bacharel em direito e contar com, no mínimo, três anos de atividade jurídica, devidamente comprovada.

As inscrições ao Concurso serão realizadas exclusivamente via Internet, no período de 10h do dia 18/02/2019 às 14h do dia 15/03/2019 (horário de Brasília). Taxa de inscrição no valor de R$ 260,00.

O concurso terá as seguintes fases: primeira prova escrita – objetiva; segunda e terceira provas escritas; prova oral; e avaliação de títulos.

As provas serão realizadas na cidade de São Paulo. A aplicação da prova escrita – objetiva está prevista para o dia 14/04/2019 (domingo), período da manhã. As provas escritas previstas para serem realizadas nos dias 08/06/2019 (sábado), período da tarde; e 09/06/2019 (domingo), no período da tarde.

Procurador de Contas, Analista e Assistente Ministerial – Ministério Público de Contas do Estado do Pará (MPC-PA)

O Ministério Público de Contas do Estado do Pará (MPC-PA) tornou pública a realização de concurso público para o provimento de 10 vagas e a formação de cadastro de reserva nos cargos de procurador de contas, analista e assistente ministerial.

Para concorrer ao cargo de Procurador o candidato deverá possuir diploma de conclusão de curso de bacharelado em Direito.

A remuneração oferecida é de R$ 35.462,22.

Já para os cargos de analista ministerial o candidato deverá possuir nível superior em áreas específicas de formação, como: Administração, Ciências Contábeis, Comunicação social, Controle externo, Direito, Engenharia Civil, Tecnologia da Informação. A remuneração inicial é de R$8.553,37.

Para concorrer ao cargo de assistente ministerial o candidato deverá possuir nível médio. A remuneração oferecida é de R$4.760,00.

Será admitida a inscrição somente via internet solicitada no período entre 10 horas do dia 22 de fevereiro de 2019 e 18 horas do dia 23 de abril de 2019 (horário oficial de Brasília/DF). Taxa de Inscrição de R$300,00 para o cargo de Procurador, R$ 200,00 para Analista e R$ 100,00 para Assistente.

A seleção para o cargo procurador de contas compreenderá as seguintes fases: prova objetiva, provas discursivas, prova oral e avaliação de títulos. Para os cargos de analista e assistente ministerial compreenderá: provas objetivas, prova discursiva e avaliação de títulos.

A prova objetiva terá a duração de 5 horas e será aplicada na data provável de 29 de junho de 2019, no turno da tarde para o cargo de procurador de contas.

As provas objetivas e a prova discursiva para o analista ministerial – especialidade: controle externo terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 30 de junho de 2019, no turno da tarde.

E as provas objetivas e a prova discursiva para os demais cargos/especialidades terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 30 de junho de 2019, no turno da manhã. 

Concursos Previstos

Também houve novidades nos andamentos de concursos aguardados. Confira:

Defensor público – Defensoria Pública do estado de Sergipe (DPE-SE)

A Defensoria Pública do Sergipe definiu a comissão responsável pelo seu próximo concurso para o cargo de defensor público.

A comissão nomeada ficará responsável por elaborar um projeto básico, dar início ao processo de escolha da empresa organizadora que aplicará as provas e de definir o cronograma do certame.

O subsídio oferecido ao cargo é R$13 mil reais. Informação obtida junto ao portal da Transparência do órgão.

Ainda não divulgaram a quantidade de vagas que serão ofertadas no concurso, mas de acordo com o portal da transparência, hoje o órgão possui seis cargos vagos para defensor público substituto ingresso.

O candidato interessado em concorrer ao cargo deverá possuir diploma de bacharel em Direito e inscrição na OAB, além da comprovação de dois anos de prática forense, que foi exigida no último edital.

O último concurso para Defensor Público do Sergipe foi realizado em 2012, organizado pelo antigo Cespe.

Delegado de polícia – Polícia Civil do estado do Espírito Santo (PC-ES)

A Polícia Civil do Espírito Santo instituiu a comissão organizadora do concurso público para o cargo de delegado de polícia que prevê o preenchimento de 33 cargos vagos.

A comissão será composta:

Presidente: Joel Lyrio Junior – Diretor da Academia de Polícia – ACADEPOL/PCES.

Membros: Robson Alves Damasceno – representante da PCES.

Luciara Cypreste Gomes – representante da PCES.

Paulo Expedicto Amaral Neto – representante SESP

Ana Cláudia Passos Silva – Analista do Executivo – Representante da SEGER.

A organizadora do certame já está escolhida e será o Instituto Acesso.

Para concorrer ao cargo o candidato deve possuir formação de nível superior em Direito. A remuneração inicial da carreira é de R$ 10.058,56.

A última seleção de delegado da Polícia Civil do Espírito Santo ocorreu em 2013, tendo como organizadora a Fundação Professor Carlos Augusto Bitttencourt (Funcab).

Inscrições abertas

Data de encerramento: até 07 de março

Vagas: 04 + 10CR

Remuneração: R$8.538,76

Prova Objetiva: 05 de maio de 2019

Organizadora: Cebraspe

 

Data de encerramento: até 26 de fevereiro

Vagas: 04

Remuneração: não divulgada

Prova Objetiva: 28 de abril de 2019

Organizadora: Cebraspe

 

Data de encerramento: até 06 de março

Vagas: 27+CR

Remuneração: até R$ 4.836,47 (com benefícios)

Prova Objetiva: 14 de abril de 2019.

Organizadora: FGV

Para saber mais sobre os editais dos concursos desta semana, clique aqui.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito