Tiago Gagliano

Pós-doutor pela Universidad de León/Espanha. Pós-doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR). Doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR), Professor da Escola da Magistratura do Estado do Paraná (EMAP), da Escola da Magistratura Federal em Curitiba (ESMAFE), da Academia Judicial de Santa Catarina e da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT). Coordenador e Professor do Curso de Argumentação Jurídica ministrado nas Escolas da Magistratura dos Estados do Paraná (EMAP), Santa Catarina (TRT - 12ª Região) e Tocantins (ESMAT). Coordenador da Pós-graduação em teoria da decisão judicial na Escola da Magistratura do Estado de Tocantins (ESMAT). Integrante do grupo de pesquisa "CONFLICTOS DE DERECHOS: TIPOLOGIAS, RAZONAMIENTOS, DECISIONES", liderado pelo Professor Doutor Juan Antonio García Amado. Juiz de Direito Titular da 4ª Turma Recursal do Poder Judiciário do Estado do Paraná. Membro suplente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

Entre os fatos e as provas: padrões que condenam

Acomodação aos padrões promove um perigoso salto causal rumo à suposta verdade dos acontecimentos

Unidade Penitenciaria Doutor Francisco D'Oliveira Conde, em Rio Branco, no Acre. / Crédito: Luiz Silveira/Agência CNJ

Últimas Notícias

  1. Crédito: Pixabay

    Análise

    Verdades real e material, gnomos, duendes e outras alucinações

    Você sabe o que é a verdade no ambiente judicial?

  2. Raul Seixas. Foto: Divulgação

    Liberdade de expressão

    Alteridade e metamorfose: há limite para a manifestação individual?

    Genericamente, a forma de exercício e o reconhecimento de direitos estão umbilicalmente associados à formatação do Estado

Recomendados

Justiça

Carreira

Tributário

Legislativo

Coberturas Especiais

Trabalho

Colunas

Artigos