Paulo Roberto G. de Carvalho

Advogado, especialista em Direito Tributário Constitucional pela PUC/SP e Gestão de Fundos de Pensão pelo FIPECAFI/SP. Associado de Trench, Rossi e Watanabe Advogados.

Incentivo para compra de ações por empregados não deve ser confundido com remuneração

A despeito de jurisprudência majoritária desfavorável, CARF reconhece incentivo como não-remuneratório

pixabay

Últimas Notícias

  1. Dorivan Marinho/SCO/STF

Recomendados

Justiça

Carreira

Tributário

Legislativo

Coberturas Especiais

Trabalho

Colunas

Artigos