Mauricio Barros

membro da Associação Brasileira de Direito Financeiro e Tributário – ABDF, sócio de Gaia Silva Gaede Advogados, Doutor em Direito Econômico, Financeiro e Tributário pela Universidade de São Paulo – USP, Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP, Especialista em Direito Tributário pelo IBET/SP e ex-juiz do TIT/SP

Presença digital relevante no Brasil não deveria ser tributada

Não parece ser o momento para a instituição do conceito de EPV nos países latino-americanos

Presença digital relevante
Imagem: Pixabay

Últimas Notícias

  1. marketplaces
    Crédito Pixabay

    e-commerce

    ICMS e responsabilidade tributária dos marketplaces

    Razões pelas quais os portais não devem recolher ICMS nas intermediações

  2. Crédito Pexels

    PL 2358/2020

    Digital Services Tax à brasileira

    10 razões porque a CIDE-Digital não deve ser aprovada pelo Congresso Nacional

    ,

  3. Crédito: Pixabay

    Coronavírus

    Omnicanalidade, pandemia e o PLP 148/2019

    A relevância e a urgência da aprovação do projeto que flexibiliza as regras do omnichannel

    ,

  4. Crédito: Pixabay

    Tributário

    A incidência ou não de ICMS nas taxas de entrega de apps

    Análise da exigência da SEFAZ/SP em incluir taxas de intermediação e de entrega cobradas pelos apps na base de cálculo do ICMS

    ,

  5. Crédito : pixabay

    Direito Tributário

    ICMS nas operações com os chamados “bens digitais”

    A invalidade dos convênios 181/2015 e 106/2017

  6. Crédito Jefferson Rudy/Agência Senado

    ICMS

    ICMS na aquisição de softwares: a ilegalidade do Decreto 61.522/2015

    Exigência viola a Constituição e as Leis Complementares 87/96 e 116/2003

    ,

Recomendados

LGPD

eleições 2020

Casa JOTA

Aprovômetro

TJSP

Reforma tributária

reforma administrativa

Regulação