José Vicente Santos de Mendonça

Professor Adjunto de Direito Administrativo da UERJ. Coordenador do UERJ Reg. Doutor e mestre em Direito Público pela UERJ. Master of Laws por Harvard. Nenhum pós-doutorado (pós-doutorado não é título, é uma experiência de pesquisa).

O que restou dos manuais de Direito Administrativo?

Primeiro como tragédia; agora como farsa

Imagem: Pixabay

Últimas Notícias

  1. Imagem: Pixabay
  2. Toffoli e AGU no julgamento da constitucionalidade da MP 966
    Dias Toffoli e José Levi Mello do Amaral Júnior
  3. Crédito: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

    Publicistas

    Sobre as virtudes da hipocrisia

    No controle dos atos administrativos, o elogio antecede a invalidação

  4. livro
    Crédito: Pixabay

    Literatura

    Dez livros que todo estudante de Direito Público deveria conhecer

    Seleção conta com livros de Ronald Dworkin, Robert Alexy e Humberto Ávila, entre outros

  5. Crédito: Pexels
  6. Crédito: Pexels

    Publicistas

    Qual a natureza jurídica dos sandboxes regulatórios?

    Quando os desafios do presente se socorrem dos métodos do passado

  7. Imagem: Pixabay

    Publicistas

    O Direito Administrativo em 2019: normas importantes e práticas banais

    Leis chamaram atenção, mas práticas do Governo ainda são ambíguas

  8. Narrativa dos Laboratórios de Inovação e da parede de tijolinhos tem sua graça, mas a maioria dos problemas do Direito Administrativo exige tecnologias menos vistosas do que a automação radical. Imagem: Pixabay
  9. cigarro
    Contrabando de cigarros no Paraná. Foto: PMPR/Divulgação

    Estudo

    A complexidade da atuação pública na repressão ao mercado ilegal de bens

    Medidas legislativas também devem analisar como a carga tributária estimula o avanço do problema

  10. nomeação, reforma
    Crédito: Pixabay

    Tecnologia

    O concurso público e o algoritmo pouco sofisticado do Direito Administrativo

    Concurso deve sofrer revisões para torná-lo mais inclusivo e adequado à finalidade da melhor seleção de pessoal

Recomendados

Os números mostram que houve poucas suspensões. A Câmara Ciesp/Fiesp tem 96 casos de arbitragem em andamento e 11 foram suspensos por causa da pandemia. No CAM-CCBC, são 308 procedimentos arbitrais em curso e somente um foi suspenso em razão da Covid-19. Crédito: Ciesp/Fiesp

ARBITRAGEM

Pandemia acelera digitalização de arbitragens, que quase não tiveram suspensões

Árbitros e advogados ouvidos pelo JOTA avaliam que audiências virtuais têm se mostrado eficazes

| Mediação e Arbitragem

Justiça

Carreira

Tributário

Legislativo

Coberturas Especiais

Trabalho

Colunas

Artigos