Elias Marques de Medeiros Neto

Sócio de Resolução de Disputas do TozziniFreire Advogados. Pós-doutorado em Direito Processual Civil na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2015), Universidade de Coimbra/Ius Gentium Conimbrigae (2019) e Universidade de Salamanca (2021/2022). Doutor e mestre em Direito Processual Civil pela PUC/SP (títulos obtidos em 2014 e em 2009). Bacharel em Direito pela USP (2001). Professor doutor de Direito Processual Civil no Curso de Mestrado e Doutorado na Universidade de Marilia – Unimar (desde 2014) e na graduação da Facamp (desde 2021). Professor colaborador na matéria de Direito Processual Civil em cursos de Pós Graduação e Atualização. Autor de livros e artigos no ramo do Direito Processual Civil. Vice presidente da Comissão de Direito Processual Civil da OAB/SP e coordenador do Núcleo de Direito Processual Civil da ESA/OABSP.

Aplicação dos negócios processuais atípicos em cinco anos de vigência do CPC/15

É certo que Judiciário já vem sendo instado a se posicionar sobre requisitos de validade e eficácia de tal instituto

medidas provisórias
Crédito: Pixabay

Últimas Notícias sobre

    Recomendados

    Marco Aurélio
    Composição plenária por ocasião da posse dos ministros Carlos Velloso e Marco Aurélio no STF, em 13 de junho de 1990. Da esquerda para a direita, sentados: ministros Sydney Sanches, Moreira Alves, Néri da Silveira (Presidente), Aldir Passarinho (Vice-Presidente) e Octavio Gallotti. Na mesma ordem, de pé: Ministros Carlos Velloso, Sepúlveda Pertence, Célio Borja, Paulo Brossard, Celso de Mello e Marco Aurélio, e o Procurador-Geral da República, Dr. Aristides Junqueira / Crédito: STF

    Despedida

    As lições – e os votos vencidos – de Marco Aurélio em 31 anos no STF

    JOTA e Insper realizam webinar sobre o ministro que deixa a Corte em julho. Confira os principais votos do decano

    | Do Supremo

    LGPD

    Casa JOTA

    Aprovômetro

    TJSP

    Jotinhas

    Reforma tributária

    Regulação

    Liberdade de Expressão