Diego Dutra Goulart

Cármen Lúcia e a defesa do voto obrigatório

Como obrigar alguém a fazer algo em relação ao qual não se está “habilitado”?

Brasília - A presidente do CNJ e do STF, ministra Cármem Lúcia, participa da cerimônia de abertura do Mês Nacional do Júri no Distrito Federal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Últimas Notícias

  1. Crédito: Pixabay

    TJSP

    É possível absolvição por clemência no júri?

    Recente decisão do TJSP trouxe mais argumentos para análise da questão

    ,

Recomendados

Justiça

Carreira

Tributário

Legislativo

Coberturas Especiais

Trabalho

Colunas

Artigos