Trabalho

Direito do Trabalho

Desembargador libera liminarmente demissão de 1.200 professores da Estácio

José Geraldo da Fonseca, do TRT-1, diz não haver prova de dispensa discriminatória

Reintegração
Crédito Fernando Frazão/Agência Brasil

Em mais um desdobramento da batalha jurídica da Universidade Estácio de Sá para demitir 1.200 professores de seus quadros, o desembargador José Geraldo da Fonseca, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região derrubou a decisão liminar da juíza Tallita Massucci Toledo Foresti que suspendia as demissões feitas ou prestes a serem homologadas pela faculdade. A decisão, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.