Saúde

Pandemia

Produção de vacina depende de assinatura de contrato da Fiocruz com AstraZeneca

Fabricação de imunizante com insumos importados será paralisada a partir de quarta-feira

O diretor de Bio-Manguinhos, Mauricio Zuma durante evento que marcou a liberação das vacinas de Oxford/AstraZeneca para serem entregues ao Ministério da Saúde e distribuídas no Brasil. Crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil

Maior fornecedora de vacina contra Covid-19 no Brasil, ao lado do Instituto Butantan, a Fiocruz enfrenta desafios tanto com a importação de insumos quanto com a produção de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) nacional.  Em entrevista ao JOTA, o diretor de Bio-Manguinhos, Mauricio Zuma, afirmou que haverá atraso no início da produção da vacina 100% nacional. […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile