Mercado

Contas Públicas

‘Redução não justificada de despesas obrigatórias é precedente indesejado’

Nota técnica da Consultoria de Orçamento da Câmara vê insuficiência de R$ 32,7 bilhões em orçamento aprovado

Plenário da Câmara dos Deputados. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A redução não justificada de despesas obrigatórias, como ocorreu no trâmite do orçamento aprovado pelo Congresso Nacional na última semana, “é precedente indesejado porque desestabiliza regra básica da integridade do processo decisório orçamentário”. As palavras são da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira (Conof) da Câmara dos Deputados, em nota técnica subscrita por Eugênio Greggianin, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile