Mercado

Assistência social

Guedes confirma renovação do auxílio emergencial por ‘dois ou três meses’

Ministro participou de evento virtual da Frente Parlamentar do Setor de Serviços (FPS)

auxilio emergencial
O ministro da Economia Paulo Guedes, em live do JOTA.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta terça-feira (8/6) os estudos para a renovação do auxílio emergencial. “Vamos renovar por dois ou três meses, a pandemia está aí”, disse o ministro em evento virtual promovido pela Frente Parlamentar do Setor de Serviços (FPS).

“Logo depois entra o novo Bolsa Família, já reforçado”, completou o ministro, sem dar mais detalhes sobre a renovação ou sobre o novo programa social.

O benefício seria retomado, disse Guedes, principalmente porque alguns governadores já anunciaram que pretendem vacinar toda a população adulta dos estados até outubro.

Depois do benefício ter sido pago por nove meses no ano passado, as parcelas do auxílio emergencial voltaram a ser pagas em abril deste ano. As parcelas são disponibilizadas até julho e variam entre R$ 150 a R$ 375.