Mercado

CVM

CVM não pode estabelecer preço de ação em oferta pública, decide colegiado

Diretores analisaram o ‘Caso CPFL’, no qual a SRE havia determinado valor da ação em R$ 16, não R$ 12

OPA
Crédito: Pixabay

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) entendeu, por unanimidade, que não cabe à área técnica da autarquia estabelecer um patamar de preço mínimo a ser praticado numa oferta pública de aquisição de ações (OPA). Os diretores debateram o tema nesta quarta-feira (2/5) durante a análise do caso da CPFL Renováveis, crucial para estabelecer […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.