STF

STF

O ranking dos ministros do STF mais citados no Twitter

Menções a Barroso cresceram depois dos embates com Gilmar Mendes e pela atuação no processo contra Michel Temer

Ministro Luís Roberto Barroso do Supremo Tribunal Federal (STF) / Crédito: Carlos Humberto/SCO/STF

A atuação no processo contra o presidente Michel Temer e os recentes embates com o colega Gilmar Mendes fizeram do ministro Luís Roberto Barroso o segundo membro do Supremo Tribunal Federal com maior volume de menções no Twitter, em sites de notícias e blogs no Brasil, desde o fim de fevereiro. Normalmente, Gilmar e a presidente Cármen Lúcia são os dois ministros mais citados na internet, e com boa distância para os demais.

De 26 de fevereiro às 13h desta sexta (09/03), Barroso é destacado em 29.731 postagens. Fica atrás apenas de Cármen Lúcia (40.108), mas um pouco à frente de Gilmar (27.197). Mais da metade do debate sobre o ministro (16,8 mil publicações) aborda a quebra de sigilo bancário autorizada contra Temer e a suspeita de vazamento de informações. Isso faz de Barroso um dos poucos membros do STF não associados, principalmente, ao caso envolvendo o ex-presidente Lula.

Já a troca pública de farpas entre Gilmar e Barroso, ainda no fim do último mês, é foco de 4,7 mil postagens, com 1,6 mil destacando a resposta “não antecipo julgamento e não frequento palácios”, de grande repercussão na imprensa. O tuíte com maior alcance sobre Barroso, no período, foi da jornalista da GloboNews Andreia Sadi e destacou exatamente essa declaração do ministro: 13,5 milhões de perfis, a partir de 342 retuítes. A votação desta quinta-feira (08/03) sobre a realização de novas eleições, em caso de cassação de mandato, cuja relatoria ficou com Barroso, é citada 376 vezes.


Você leu 1 de 3 matérias a que tem direito no mês.

Login

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito