Do Supremo

Processual

Toffoli rejeita pedido para suspender liminar que liberou dividendos da Braskem

PGR sustentou que a liberação do dinheiro para partilha entre os acionistas representa um risco para moradores dos bairros afetados

Ministro Dias Toffoli preside sessão plenária do STF. Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, rejeitou, nesta quinta-feira (22/8), pedido da Procuradoria-Geral da República para derrubar decisão do Superior Tribunal Justiça e restabelecer decisão da Justiça de Alagoa que bloqueou o pagamento de R$ 2,7 bilhões em dividendos pela Brasken. O MPF queria impedir a liberação dos recursos com o objetivo de […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.