Do Supremo

Limite a recursos

Supremo nega revisão de condenação do senador Acir Gurgacz

Em outubro de 2018, o senador foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão e está preso no regime semiaberto

Acir Gurgacz
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Senador Acir Gurgacz (PDT-RO) / Crédito: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta quarta-feira (6/11), um pedido de revisão criminal feito pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO), condenado em 2018 por crimes contra sistema financeiro a 4 anos e 6 meses de reclusão, em regime inicial semiaberto. Na sessão desta quarta-feira (6/11), por seis votos a quatro, os ministros não chegaram a […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.