Do Supremo

Denúncia aceita

STF torna Arthur Lira réu por corrupção passiva em caso envolvendo CBTU

Para 1ª Turma, há indícios mínimos em caso de apreensão de R$ 106 mil escondidos em corpo de assessor

Arthur Lira discursa em plenário
Deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados / Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL) se tornou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva. A decisão é da 1ª Turma, em julgamento nesta terça-feira (8/10). Segundo denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), em fevereiro de 2012 o parlamentar recebeu propina de R$ 106 mil ofertada pelo então presidente da Companhia Brasileira […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.