Do Supremo

Semiaberto

STF rejeita suspender efeitos da condenação do senador Acir Gurgacz

Em alfinetada com Moraes, Lewandowski diz que prestigiar garantismo é ser acusado de compactuar com corrupção

O senador Acir Gurgacz desembarca no hangar da Polícia Federal. Acir Gurgacz cumprirá pena de 4 anos e 6 meses em regime semiaberto, em Brasília.Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal rejeitou nesta quinta-feira (8/11) suspender os efeitos da condenação do senador Acir Gurgacz (PDT/RO). O parlamentar foi sentenciado pela 1ª Turma do tribunal por desvio de finalidade na aplicação de financiamento obtido em instituição financeira oficial e cumpre pena de quatro anos e meio de reclusão, em regime inicial semiaberto. Os […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.