Do Supremo

STF

STF não avalia no recesso liminar contra veto do TCU a pensão para filha solteira

Dias Toffoli deixou caso para relator, Roberto Barroso, por entender que não há urgência para decisão sobre cautelar

Foto: STF

O ministro Dias Toffoli, no exercício interino da presidência do Supremo Tribunal Federal, considerou “mais prudente” repassar ao relator sorteado, ministro Roberto Barroso, a apreciação da liminar pretendida pelo Partido Democrático Trabalhista na arguição de descumprimento de preceito fundamental proposta, na última segunda-feira (23/7), com o objetivo de anular acórdãos do Tribunal de Contas da […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.