Do Supremo

População vulnerável

STF determina que União prepare plano de combate à pandemia para quilombolas

Ações de reintegração de posse envolvendo quilombos também foram suspensas enquanto durar a calamidade sanitária

Na foto, a quilombola da Comunidade de Serra do Apon, em Castro (PR), Vani Rodrigues dos Santos. Comunidades relatam ausência de ações para enfrentamento da Covid / Crédito: Lizely Borges/Terra de Direitos

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, nesta terça-feira (23/2), que a União formule, em 30 dias, um plano nacional de enfrentamento da pandemia da Covid-19 para a população quilombola. De acordo com o entendimento firmado, o planejamento deve ter providências e protocolos sanitários para assegurar a eficácia da vacinação na fase prioritária, com a participação […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile