Do Supremo

Sem urgência

STF decide após o recesso pedido para derrubar CPI de fake news nas eleições

Pedido do vice-líder do PSL será analisado pelo relator do caso, Ricardo Lewandowski

Ministro Ricardo Lewandowski. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal só vai analisar após o recesso o pedido do vice-líder do PSL na Câmara, Filipe Barros (PR), para derrubar a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito do Congresso criada para investigar ataques cibernéticos e o uso de perfis falsos para influenciar o resultado das eleições de 2018, vencidas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile