Do Supremo

Facismo

‘Se você aplica a lei, é chamado de fascista’, diz Alexandre de Moraes

Em palestra, ministro defendeu medidas duras no combate à criminalidade sem que isso seja classificado como ‘ditadura’

Em palestra, ministro exaltou papel do STF no país. Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Um dia após o assassinato da vereadora Marielle Franco, no Rio de Janeiro, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes defendeu medidas mais duras no combate à criminalidade no país, sem que isso seja interpretado como “fascismo”. Para o ministro, “qualquer tratamento rigoroso com criminalidade” é classificado como “ditadura”, enquanto, no Brasil, “se […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.