Do Supremo

Segurança pública

Rede também contesta no STF novos decretos que facilitam compra e porte de armas

Já são duas as ações contra os decretos do governo de Jair Bolsonaro. Ainda não há relator sorteado

Crédito: Pexels

O partido Rede Sustentabilidade (Rede) também ajuizou, na noite de ontem (17/2), ação direta de inconstitucionalidade contra os 4 decretos do presidente Jair Bolsonaro que flexibilizaram ainda mais a compra e o porte de armas. Pede também a concessão de liminar pelo relator a ser sorteado já que as normas entram em vigor no dia 12 de […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile