Do Supremo

Segurança pública

PSDB é 5º partido a ajuizar ADI contra decretos que facilitam compra e porte de armas

Rosa Weber é a relatora de todas ações, e determinou a tramitação urgente para a ‘apreciação imediata’ de cautelar

compra de armas
Crédito: Unsplash

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) é a quinta legenda política a propor, no Supremo Tribunal Federal (STF), ação direta de inconstitucionalidade contra os quatro decretos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), do último dia 12/2, que flexibilizaram ao máximo as normas para aquisição e porte de armas de fogo. A ADI 6.695, protocolada nesta quinta-feira (25/02) soma-se a ações […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.