Do Supremo

Calúnia eleitoral

Pleno do STF absolve Ronaldo Lessa, que havia sido condenado pela 2ª Turma

Ministros entenderam que as afirmações de que um adversário teria arrombado seu comitê fazem parte do debate

Lessa perdeu eleição deste ano. Crédito: Flickr/@Lessa

Condenado pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) em 2015 a oito meses de detenção por calúnia eleitoral, o deputado Ronaldo Lessa (PDT-AL) foi absolvido, nesta quarta-feira (17/10), pelo plenário da Corte. No caso, o então governador de Alagoas e candidato à reeleição Teotônio Vilela processou Lessa por ter afirmado, em entrevista durante as […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.