Do Supremo

Arma de fogo

Planalto envia ao STF defesa do aumento das cotas de munição para armas de fogo

AGU argumenta que é competência do Poder Executivo regular a quantidade de munição permitida para cidadãos

munição para armas de fogo
Crédito: Pexels

Em nome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a Advocacia-Geral da União (AGU) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF), neste fim semana, manifestação pela rejeição total da ação de inconstitucionalidade na qual o Partido dos Trabalhadores (PT) contesta a portaria interministerial que aumentou a quantidade máxima de munição que pode ser adquirida por instituições públicas […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.