Do Supremo

Reforma trabalhista

Para CUT, trabalho intermitente rompe com valorização do trabalho humano

Nesta quinta-feira, STF julga constitucionalidade de modelo de contratação previsto na reforma trabalhista

Crédito: Unsplash

Nesta quinta-feira (19/11), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) pode julgar se é ou não constitucional o contrato de trabalho intermitente, novidade trazida pela reforma trabalhista feita no governo de Michel Temer (Lei 13.467/2017). Enquanto empregadores defendem o modelo como forma de tornar as contratações mais flexíveis e gerar mais empregos, entidades de trabalhadores […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile