Do Supremo

Repercussão

Compartilhamento de informações detalhadas precisa do aval da Justiça, diz Toffoli

Presidente do STF classificou de “defesa do cidadão” decisão que suspendeu apurações com base em dados sem autorização judicial

licitação
Ministro Dias Toffoli, presidente do STF / Crédito: Luiz Silveira/Agência CNJ

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, afirmou, nesta quinta-feira (18/7), que não há impedimentos para que informações genéricas, envolvendo dados de titularidade de contas suspeitas e o montante global movimentado podem ser compartilhadas entre os órgãos de fiscalização sem aval da Justiça. O ministro afirmou que sua decisão suspendendo os processos judiciais do país […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.