Do Supremo

Rachadinhas

Cármen Lúcia pede informações a Abin e GSI sobre auxílio a defesa de Flávio Bolsonaro

Ministra afirma que quadro relatado é ‘grave’ e que STF já enfatizou ilegitimidade de uso da máquina em interesses particulares

cármen lúcia gsi abin
Cármen Lúcia / Crédito: Carlos Moura/SCO/STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 24 horas para que o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, prestem esclarecimentos acerca de denúncias publicadas pela imprensa de que os órgãos teriam sido usados para produzir relatórios para […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.