Do Supremo

STF

Cármen Lúcia: ‘A administração pública não tem excesso de pessoas como se diz’

Para ministra, melhorar o serviço ao público ‘demanda uma transformação e não uma reforma da administração’

Ministra Cármen Lúcia durante o VII Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral
Ministra Cármen Lúcia / Crédito: Comunicação VII CBDE.

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira (21/8) que a administração pública brasileira não tem excesso de servidores, o problema é a distribuição e, na visão dela, aqueles que trabalham em serviços essenciais devem ser mais valorizados. “A administração pública brasileira não tem um excesso de pessoas como se diz, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.