Do Supremo

STF

AGU defende no STF jornada de trabalho 12 X 36 sem negociação coletiva

Para o governo, nova realidade das relações trabalhistas impõe alteração dos ultrapassados marcos legais

Crédito: Pixabay

A Advocacia-Geral da União encaminhou ao Supremo Tribunal Federal, nesta sexta-feira (28/9), manifestação pela total improcedência da ação de inconstitucionalidade na qual a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS) contesta a possibilidade de “acordo individual escrito” nos casos de jornada de trabalho em regime extraordinário de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.