Do Supremo

Plenário Virtual

2ª Turma do STF nega pedido de Lula contra atuação de Moro

Caso envolve perícia autorizada pelo ex-juiz e que teria ficado em sigilo, sem acesso aos advogados

MPF-SP Lula retrospectiva 2018
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva / Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou, por unanimidade, um pedido apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que contestaram autorização do ex-juiz Sergio Moro para perícia em documentos uma das ações penais contra o petista.

O processo foi analisado no plenário virtual do Supremo. Os advogados alegaram que não tiveram acesso a perícia realizada em documentos da Odebrecht que foram mantidos em sigilo, sem que houvesse oportunidade da defesa de contestá-los.

Segundo o relator, Edson Fachin, os atos de Moro no caso não feriram a Constituição. Em abril, Fachin já havia negado o pedido, mas os advogados recorreram.

A ação penal do Instituto Lula ainda está em tramitação na Justiça Federal do Paraná. O Supremo ainda tem outros pedidos de Lula que apontam a suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito