Entrevista

‘Brasil precisa de uma política concorrencial que não se resuma ao Cade’

Vinicius Marques de Carvalho, ex-presidente do órgão, avalia que entrada do país na OCDE pode melhorar ambiente competitivo

Cade
Vinicius Marques de Carvalho em seu escritório, em SP - Crédito: Divulgação

O ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) Vinicius Marques de Carvalho afirma que o Brasil precisa de uma política de defesa da concorrência que não se restrinja à atuação da sua autoridade antitruste. Em entrevista ao JOTA, Carvalho destaca que, independentemente do Cade continuar vinculado ao Ministério da Justiça no governo Jair Bolsonaro, é importante que […]

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!