amicus curiae

CNA quer defender mudança de Bolsonaro em demarcação de terras indígenas

Entidade argumenta que Funai não está referenciada na Constituição como responsável por demarcação

STF; reforma, Zona Franca
(Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF)

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) quer defender no Supremo Tribunal Federal  as medidas de Jair Bolsonaro que transferiram a demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A entidade pediu para ingressar como amigo da corte – ou amicus curiae – na ação direta de inconstitucionalidade (ADI) […]

Leia até 10 matérias/mês no cadastro gratuito e receba conteúdo no seu e-mail

cadastre-se

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!