Tributário

Brasil, OCDE e os reflexos tributários para a legislação de preços de transferência

Simples adesão ao modelo OCDE não parece a melhor alternativa, em especial em matéria de preços de transferência

Crédito: Pixabay

Desde 2017 o Brasil negocia a sua entrada formal na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o que tem fomentado debates sobre quais seriam os benefícios e prejuízos resultantes dessa eventual adesão. A OCDE, em linhas gerais, opera como fórum para discussões, entre os chamados “países desenvolvidos”, sobre melhores práticas e políticas internacionais […]

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!