OCDE

De olho em acordo, país desburocratiza licitações para estrangeiros

Ao facilitar participação de empresas internacionais, Brasil se aproxima de grupo da OMC que movimenta US$1,7 trilhão ao ano

Paulo Guedes falando durante Fórum Econômico Mundial 2020 em Davos –Crédito: Fórum Econômico Mundial / Ciaran McCrickard

O alinhamento do Brasil à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é, sem dúvida, uma das metas prioritárias do governo federal. A aspiração tem sido materializada em iniciativas do Ministério da Economia, que visam, por exemplo, facilitar a participação de empresas estrangeiras em processos licitatórios nacionais. Recentemente, a Instrução Normativa n. 10 reduziu exigências […]

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!