Correção monetária

Eletrobras: 2ª Turma do STF nega recurso da empresa sobre empréstimos compulsórios

Estatal aguarda decisão da 1ª Turma para tentar recorrer ao plenário. Valor em disputa chega a R$ 17,56 bilhões

empréstimos compulsórios Furto de energia não pode ter dedução tributária
Crédito: Beth Santos/Secretaria-Geral da PR

Uma versão deste conteúdo foi distribuída antes, com exclusividade, aos nossos assinantes JOTA PRO A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (22/9), por maioria, um recurso da Eletrobras sobre a data em que começa a contar a correção monetária dos créditos devidos pela estatal às empresas que recolheram os empréstimos compulsórios de energia elétrica – […]

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!