Indenização

Justiça do Trabalho absolve PSB e Marina Silva por acidente de Eduardo Campos

Empresários e Bradesco, por outro lado, foram condenados a pagar R$ 4,5 milhões para família de copiloto

A candidata assumiu o compromisso de recuperar o tripé da política macro-econômica

A 49ª Vara do Trabalho de São Paulo absolveu o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e a pré-candidata à presidência da República Marina Silva (Rede) do pagamento de R$ 4,5 milhões em indenização à família do copiloto do avião que caiu com o então candidato à presidência Eduardo Campos, em 2014. À época, Marina era vice […]

Leia até 10 matérias/mês no cadastro gratuito e receba conteúdo no seu e-mail

cadastre-se

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!