Departamentos Jurídicos

Departamentos Jurídicos

Sucesso e sucessão no departamento jurídico

Seus possíveis sucessores já foram selecionados, e estão realmente sendo treinados e preparados para lhe suceder?

Imagem: Pixabay

Você está conduzindo bem a sua sucessão? Seus possíveis sucessores já foram selecionados, e estão realmente sendo treinados e preparados para lhe suceder? Seja pela sua progressão na carreira (na empresa ou fora dela), seja por aposentadoria, ou até por afastamento ou demissão, quem será responsável (no futuro) pelo que você faz atualmente?

Em outras palavras, sua sucessão poderá ser voluntária ou não, programada ou não, mas ela ocorrerá. Prepare-se!

No caso de sucessão mais programada – seu plano (para a SUA sucessão) já está bem elaborado e em implantação? Em quanto tempo você deve ser substituído? E o que você fará quando deixar essa posição atual? De outro lado, e no aspecto mais pessoal – Você está preparado para sua própria sucessão?

Caso não esteja, talvez fique até um pouco surpreso com a pergunta (pode até não gostar dela) , mas é um dos temas mais importantes entre as suas tarefas como gestor.

Talvez essa questão lhe afete e traga algum desconforto, pois pode trazer-lhe à mente a ideia de que você não é eterno (e não é mesmo), e que não seguirá na atual posição para sempre. Isso pode doer sim, e devemos respeitar. Mas é um fato!

Você será sucedido, de uma forma ou de outra. Seria boa ideia, então, ter essa consciência, e tentar organizar a questão.

Há uma linha de pensamento bastante reconhecida que relaciona o sucesso com uma sucessão bem conduzida, ou seja, alguém só pode se considerar um profissional de efetivo sucesso quando conseguir criar/construir sucessores. Especialmente, se a sucessão for bem planejada e organizada.

Caso não tenha ainda refletido sobre isso, pense agora. Você quer ter algum papel (ao menos tentar) na sua sucessão ou não? Pretende ser protagonista e ativo nesse processo, ou prefere ser surpreendido e apenas ser impactado?

No mundo corporativo as pessoas têm um papel (por vezes importantíssimo) por algum tempo. Temos ciclos que se iniciam, evoluem e de alguma forma são fechados. Quando chegamos a alguma posição de destaque, muitas vezes tendemos a achar que somos insubstituíveis. Não somos!

Ao conquistar essa posição, normalmente o gestor fica feliz e sente-se reconhecido (e deve mesmo comemorar essa vitória, ser reconhecido é mesmo muito importante!), mas poucos dão se conta de que o próximo passo será preparar a sua sucessão.

Um dos vários itens do seu “plano de governo”, do seu “job description” é (ou deveria ser, de forma direta ou mais sutil), pensar e preparar a continuidade de um bom trabalho.

Quem não tem sucessores, por vezes fica até mesmo impedido de crescer na carreira. Agir assim não apenas ignora a realidade como pode ser nocivo à empresa, à equipe e ao próprio profissional.

Como você imagina, portanto, que seja a sua sucessão? E, quem está sendo preparado para o seu lugar? Questões técnicas, mas especialmente comportamentais, podem ser bastante determinantes do perfil de seu sucessor, que naturalmente deve “conversar” com os planos da empresa para o futuro e com a cultura.

Vários departamentos de RH já incluem de forma clara no projeto para o gestor a sucessão na sua área (a sua própria inclusive), para que esta até mesmo não precise ser abrupta.

Procure pensar, também, que começar a preparar um estilo e um grupo, talvez até uma pessoa especifica, para continuar (por vezes honrar) o seu legado, e o que você construiu, pode ser muito importante para você.

Que tal pensar um pouco nisso, hoje? E já se preparar para implantar ou reformular o seu modo de atuar no tocante à sucessão?

Esse é um dos temas que a atual realidade dos departamentos jurídicos inovadores mais demanda, e que mais se estuda e debate nos diversos foros que já temos no País. Procure conhecer mais. Pode ser útil a você, e a sua equipe!


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito