Coluna do Machado Meyer

Empresas

Os cinco passos fundamentais para vender uma empresa

Você sabe quanto vale sua empresa?

Imagem: Pixabay

Durante minha vida profissional, já me deparei com diversos casos em que um empresário é surpreendido pelo interesse de um potencial comprador de seu negócio, sem nunca ter refletido se está preparado para isso ou quais devem ser suas preocupações em um processo de venda.

Na maioria dos casos, isso decorre da visão da empresa como “filho do dono”. Essa filosofia leva a uma mistura dos interesses pessoais e corporativos que podem atrapalhar ou até mesmo impedir uma boa oportunidade de venda do negócio.

Avalie, portanto, os seguintes aspectos para determinar o quão preparado você está para vender seu negócio:

– Sua empresa é organizada do ponto de vista documental? Por organização documental entenda um controle e gestão de documentos (contratos financeiros e comerciais, documentos de venda, contabilidade, licenças e registros, informações sobre processos judiciais e administrativos, apólices de seguro, cadastros de clientes e fornecedores, certidões). Sabe dizer quais seriam os impactos contratuais e regulatórios de uma venda, ou quais seriam as autorizações necessárias para sua conclusão? Ser uma empresa organizada importa celeridade do processo de avaliação do negócio pelo comprador, mantendo-o incentivado e engajado na negociação visando uma conclusão rápida, além de transmitir confiança e credibilidade.

– Sua estrutura societária é a mais adequada para a venda? Diferentes composições interferem significativamente nos passos para a conclusão da operação e diferença na tributação da venda, e estão diretamente vinculadas aos seus planos pós-venda. E por falar em dia seguinte, já pensou no que vai fazer após a venda? Dificilmente o comprador permitirá que possa competir com ele. Caso tenha definido quais os ramos de negócios que pretende investir, isso será levado em consideração no processo.

– Sua estrutura de ativos está preparada? Não são raros os casos em que bens imóveis e móveis pessoais do empresário e sua família estão registrados em nome da empresa. Já avaliou o quão fácil seria segregá-los, quais seriam as formas de se fazer isso e quais as consequências para você e sua empresa (tributação, registros, licenças)?

– Qual é a sua avaliação de um processo de venda de seu negócio? Você prefere se desvincular totalmente e buscar novos ares? Quer permanecer vinculado à operação? Possibilidades incluem, por exemplo, permanecer na empresa como executivo (ou mesmo a retenção de parcela minoritária no negócio) ou a segregação e locação à empresa dos imóveis que sejam utilizados por esta. Tem a intenção de responder por passivos da empresa que sejam decorrentes de sua gestão após a venda? Em caso positivo, via obrigação direta de indenização, retenção de parcela do preço de venda, constituição ou contratação de garantias? Caso negativo, já avaliou qual será o impacto no preço de venda? Caso permaneça com uma fatia minoritária do negócio, suas preocupações ainda devem englobar regras para a administração do negócio com o sócio (e sua eventual participação como executivo), a transferência do capital pelos sócios a terceiros (preferência, venda conjunta, compra obrigatória, por exemplo) e caminhos para sua saída definitiva (opções de compra e venda, processo estruturado de venda e IPO são opções frequentes)

– Por fim, a pergunta mais importante: você sabe quanto vale sua empresa (e não quanto você acha que ela vale)? Ter uma visão externa de um especialista sobre o valor de sua empresa é fundamental para o bom andamento de qualquer conversa sobre possibilidade de negociação. Mais do que isso, é importante manter esse estudo sempre atualizado (anualmente, de preferência). Além de um bom balizador de valor, esse dado pode ser trabalhado como uma importante ferramenta de gestão e de direcionamento estratégico de seu negócio.

Vale dizer que todas essas provocações devem ser avaliadas caso a caso, e as respostas e opções disponíveis variam radicalmente em razão das características próprias de cada setor de atividade, do tamanho da empresa, e, principalmente, de seu dono.

Isso posto, convido-o para um exercício de reflexão: você está preparado para vender sua empresa hoje?


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito