Opinião & Análise

Ditadura militar

Um marceneiro no ‘Supremo Tribunal Militar’

Flores, navalhas e martelos nos 90 anos da Revolução de 1930

João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque. Crédito: Wikimedia Commons

Há exatos noventa anos, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, então presidente do Estado da Paraíba e candidato a vice-presidente na chapa liderada por Getúlio Vargas, era assassinado com três tiros na tradicional Confeitaria Glória, na movimentada Rua Nova, nº 318, centro do Recife, depois de ter almoçado no secular Restaurante Leite. O crime de 26 […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile