Opinião & Análise

TST

Lista suja não fere direitos fundamentais

Qualquer retrocesso na luta contra essa odiosa forma de exploração do ser humano é inaceitável

Pixabay

Na última terça-feira (7/3), o presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra Filho, suspendeu a divulgação lista suja do trabalho escravo. A decisão é lamentável na medida em que endossa uma visão distorcida segundo a qual o documento é fonte de violação de direitos, e não um instrumento fundamental de proteção desses mesmos […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile